domingo, 31 de maio de 2009

"Fado de Lisboa"

Este fado, designado originalmente "Fado de Lisboa", tem letra de Álvaro Leal e música de R. Ferrão; foi uma criação de Ercília Costa, recuperada posteriormente por Mariana Silva, que a gravou, com o nome de "Lisboa casta Princesa"; F.Carvalhinho à guitarra, à viola Martinho da Assunção.
video

sábado, 30 de maio de 2009

Campo de Sant'Ana ou Campo dos Mártires da Pátria

video

Neste local, que começou por chamar-se Campo de Sant'Ana e que, em 1879, passou a designar-se Campo dos Mártires da Pátria, existiu, onde hoje se situa a Faculdade de Medicina, a Praça de Toiros do Campo de Santana. Para informação completa e devida, ir ao BicLaranja, com link ao lado, a esta página

http://biclaranja.blogs.sapo.pt/32817.html

Se for até lá de autocarro, o 767 (antigo 33), e sair na última paragem, junto ao Jardim, pode começar por ir ver de perto o lindíssimo edifício onde se encontra instalada a Universidade Técnica de Lisboa; do outro lado da rua, um pouco mais acima, encontra o Restaurante e Casa de Fados "Velho Páteo de Sant'Ana"; a caminho, encontra, na Tr. das Recolhidas, essa antiga janela que terá sido nicho para colocar uma imagem sagrada...

Neste breve passeio, acompanha-nos a guitarra de Casimiro Ramos, o Pinóia da guitarra, interpretando "Variações em mi menor".

Olhai Lisboa!

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Brasão da cidade de LISBOA

Armas - Escudo de ouro, com um barco exteriormente de negro realçado de prata e interiormente de prata realçado de negro, mastreado e encordoado de negro, com uma vela ferrada de cinco bolsas de prata. A popa e a proa rematadas por dois corvos de negro, afrontados. Leme de negro realçado de prata. O barco assente num mar de sete faixas ondadas, quatro de verde e três de prata. Coroa mural de ouro de cinco torres. Colar da Ordem Torre e Espada. Listel branco com os dizeres " MUI NOBRE E SEMPRE LEAL CIDADE DE LISBOA ", de negro.
(in Diário do Governo, I Série de 28/02/1940)

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Jardim Zoológico de Lisboa - PARABÉNS!

Inaugurado em 1884, no Parque de S. Sebastião da Pedreira, o Jardim Zoológico de Lisboa celebra hoje o seu 125º aniversário.
Em 1905 foram inauguradas as instalações da Quinta das Laranjeiras, a Sete Rios, onde actualmente se situa e, parece, irá continuar.
Hoje a entrada é grátis para todos os que também hoje fazem anos. Aproveite!
Vale sempre a pena a visita a este Zoo, um dos melhores do mundo. As crianças adoram.
É sempre uma experiência agradável que nos proporciona, na cidade, o contacto com os mais diversos animais, num belíssimo espaço verde.
No site do Zoo, com link nesta página, pode recolher mais informação.
PARABÉNS!
(Foto do Zoo de 1961)

quarta-feira, 27 de maio de 2009

A bandeira do Parlamento

Caso ainda não tenham reparado, o Parlamento tem bandeira.
É branca com bordadura verde e tem ao centro a esfera armilar de ouro e o escudo das armas nacionais. Encontra-se hasteada na varanda, em frente ao salão nobre do Parlamento, durante o período da sessão legislativa e nos dias de funcionamento parlamentar.
A bandeira nacional passou a ficar hasteada no topo da Assembleia da República.

terça-feira, 26 de maio de 2009

"Leyenda de Lisboa" por Madalena Iglésias

O amigo Américo que é, como eu, um apaixonado por Lisboa e pelo Fado, teve a gentileza de fazer este vídeo para, querendo eu, o colocar neste blog. Não podia ter vindo em melhor hora! Com esta "Leyenda de Lisboa", em espanhol, recordamos a grande Madalena Iglésias que, consta, se encontra em Lisboa e damos mais uma volta por esta mágica cidade.

Obrigada, Américo!

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Belém - Ajuda :)

Se apanhar o 27 e descer na R. da Junqueira, na paragem defronte ao restaurante Cabine, com vista para esse prédio apanhado por cima pela objectiva e legendado- foto 1 , pode aproveitar para tomar qualquer coisa e seguir viagem até Belém onde, se entender, lhe será possível dar uma volta num "dois cavalos"!... Acabada a voltinha, espreite, na Travessa do Marta Pinto, a fachada da Ermida de N. Srª da Conceição coberta de andorinhas de cerâmica, das Faianças Bordalo Pinheiro, e a instalação no interior, uma interessante intervenção do Estúdio Pedrita. Imperdoável não comer uns pastéis de Belém e/ou de cerveja antes de seguir até ao Jardim do Ultramar, subir a Calçada do Galvão e visitar a Igreja da Memória ou de Nossa Senhora do Livramento, a dois passos do magnífico Palácio da Ajuda... mas, essa visita fica para outro dia, combinado?
Ermida de Nossa Senhora da Conceição
um "dois cavalos"
foto 1

sexta-feira, 22 de maio de 2009

De S. BENTO ao RATO

Palácio de São Bento, também conhecido como "Assembleia da República" ou "Parlamento Português".
Interessante esse prédio, no Largo de S. Bento;
o Mercado de São Bento, na Rua do mesmo nome, tornejando para a Rua Nova da Piedade, já terá tido melhores dias...
À janela, com o seu fiel amigo...
em frente, a merecer recuperação
De regresso à Rua de S. Bento, encontramos dois espaços do Depósito da Marinha Grande, um ex-libris português
Do outro lado da rua,
"uma casa portuguesa, com certeza" a casa de Amália!
Antes de entrar no Largo do Rato, pode ainda apreciar-se este prédio com um florido galão de azulejos
Já no Largo do Rato, deparamos, em frente, com uma casa cor de rosa com pessoas às janelas (passarão ali o tempo!?...)
e, do lado direito, esse belo chafariz... seco!

OLHAI LISBOA

Olhai, senhores, esta Lisboa d'outras eras,
Dos cinco réis, das esperas e das toiradas reais!
Das festas, das seculares procissões,
Dos populares pregões matinais que já não voltam mais!
...
Lisboa nasceu, pertinho do céu
Toda embalada na fé Lavou-se no rio, ai ai ai menina
Foi baptizada na Sé !
Já se fez mulher e hoje o que ela quer
É bailar e dar ao pé
Vaidosa varina, ai ai ai menina,
Mas que linda que ela é!
...