domingo, 7 de fevereiro de 2016

Irmãos!


D.L.

"... delegado da Academia Brasileira de Letras na Conferência Interacadêmica de Lisboa para o Acordo Ortográfico de 1945; embaixador do Brasil em Portugal entre 1953 e 1954. 
..." (ler +)

A CIGARRA MORTA

Ontem, Cigarra, quando veio a aurora,
acordei a vibrar com a tua vinda.
A tua voz tinha, de espaço fora,
notas tão claras que eu a escuto ainda.

Glorificando a luz consoladora,
cantaste, e enfim tua cantiga é finda.
Tenho nas minhas mãos, inerte agora,
teu corpo cor de mel. Cigarra linda.

Foste feliz, porque te deram esta
garganta de ouro. Assim, de palma em palma,
passou, num sonho, a tua Vida honesta...

Vendo-te, os meus sentidos se levantam,
esperando a cantiga de tua alma,
que as almas das Cigarras também cantam...

                   (De Ùltimas Cigarras)

sábado, 23 de janeiro de 2016

O Admirável Mundo Novo

Para recordar sempre

D.L.

De facto, bem mais conhecido pelo seu "Admirável Mundo Novo" (1932), uma obra de uma actualidade chocante, de (re)leitura obrigatória ( aqui ), Aldous Huxley disse:

“A ditadura perfeita terá as aparências da democracia, uma prisão sem muros na qual os prisioneiros não sonharão sequer com a fuga. Um sistema de escravatura onde, graças ao consumo e ao divertimento, os escravos terão amor à sua escravidão.” 

"A democracia permite que criaturas abomináveis conquistem o poder..."




terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Nato a Lisbona

D.L.

"...Tito Schipa II, português pelo jus soli, baptizado na capelinha de Santo António do Estoril, com D. Elisa Baptista de Sousa Pedroso e Erico Braga por padrinhos. Nome completo do neófito: Tito Luigi Giovani Miguel Angelo Schipa. ..." (D.L.49)



segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

LITHOGRAPHIA PORTUGAL



Deslocalizada:

"... Foi nesta rua, no Pátio do Tijolo, que existiu a Litografia de Portugal fundada no ano de 1803. Hoje com 105 anos de idade, fomos encontrar a referida firma no Cabeço de Montachique (LOURES), muito bem estruturada (de notório prestígio Nacional e Internacional) e ainda, com o mesmo nome: «LITOGRAFIA DE PORTUGAL, S.A.». ..." (daqui)

sábado, 9 de janeiro de 2016

José Estêvão

D.L.

“José Estêvão Coelho de Magalhães é uma personagem histórica de homem público
que fascina, à partida, qualquer observador pelas múltiplas facetas da sua personalidade.
Revolucionário, militar, parlamentar, jornalista, advogado, professor, mação e
filantropo, a sua presença ..." (ler +)

sábado, 2 de janeiro de 2016

Por Campo de Ourique...


Quem passa na 

ali, a Campo de Ourique, não pode deixar de notar este belo edifício centenário


fundado em 


e onde funcionou a Universidade Popular Portuguesa (UPP), de que foram co-fundadores Bento de Jesus Caraça e António Augusto Ferreira de Macedo, ambos matemáticos, professores e antifascistas, e que residiram no mesmo prédio, o nº 63 da R. Almeida e Sousa, também em Campo de Ourique, 



bairro onde, no Jardim Teófilo Braga, se encontra um memorial ao Prof. António Macedo.

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

EDIFÍCIO CINEMA EUROPA



Em 1966 foi assim, em 2012, estava lá o sítio, mas agora, agora já está! E quase tudo vendido; compreende-se, em época de crise!... Dos 24 apartamentos, já só falta vender um, um T3 no último andar, com uma área generosa e preço a condizer... quero dizer, é que nem acho muito caro! edifício com história (enfim!), localização excelente, e tudo o mais... Ontem, quando passei por lá, ainda me senti tentada a deslocalizar-me p'ró Europa, mas, pensando melhor, fico onde estou; mas, atenção, esta minha decisão nada tem a ver com liquidez; só não compro, mesmo, por ser no último piso; é que sofro de euro-vertigens!... :) 


BOM ANO!

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

A ÁRVORE

Contemp.

"Henrique Velez Mouta (Lisboa, 19 de Dezembro de 1893 - Porto, Julho de 1973), que também assinou Oliveira Mouta ou usou o pseudónimo Fortunato Velez foi um poeta, publicista, genealogista e empresário português ..." (ler +)



"... além de evitar que estas árvores se transformem em lixo depois de um curto tempo de vida, reduz o uso de substrato natural-terra de monte, pelo que colaborará na manutenção das nossas florestas e zonas verdes.
Este tipo de reciclagem reforça uma cultura florestal nos cidadãos, reduzindo a produção de resíduos e evitando que as árvores acabam no lixo, diminuindo assim a emissão de dióxido de carbono para a atmosfera, pois evitamos a sua queima." (leia aqui)

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

A Casa Nobre de Lázaro Leitão - Universidade Lusíada


D.L.

"Carlos Alberto Soares Cardoso CvA • MPCE • ComNSC • GCNSC (Porto, Santo Ildefonso — Lisboa, 30 de Junho de 1936), 1.º Visconde do Marco, foi um deputado, militar e empresário português. ..." (daqui)

Património Cultural - IIP (ler +)