sábado, 23 de junho de 2018

TOM

Ilust.31


Ilust.29

Ilust.30


Ilust.31


"Nasceu no Rio de Janeiro em 1906. Chegou a Lisboa em 26, integrando-se no movimento modernista.
Até 1930, fez publicações que incluíram caricaturas assinadas por Tom, de que se destacam A Voz e O Papagaio, jornal infantil.
Em 34,..." (ler+)

D.L.62

domingo, 10 de junho de 2018

DIA DE PORTUGAL, DE CAMÕES, DOS LUSÍADAS

Camões lendo os Lusíadas a D. Sebastião - pintura de António Ramalho

Que eu canto o peito ilustre Lusitano,
A quem Neptuno e Marte obedeceram.
Cesse tudo o que a Musa antiga canta,
Que outro valor mais alto se alevanta.

                                  Lusíadas - Canto I - Est. 3








Duas Pátrias 54

sexta-feira, 1 de junho de 2018

LISBOA

Ilust.


"Lisboa protegendo os seus habitantes é uma pintura a óleo sobre tela do pintor português Domingos Sequeira datada de 1812. ..." (ler+)

domingo, 27 de maio de 2018

7 bichanos, lindos como os amores...



Ilust.

"...  Álvaro Botelho Maia (1893-1969), nasceu no município de Humaitá, situado no rio Madeira, e morreu em Manaus. Estudou Direito em Fortaleza (CE) e ..." (ler+)

sexta-feira, 25 de maio de 2018

D. PEDRO II, o Imperador Poeta


                   INGRATOS
Não maldigo o rigor da iníqua sorte, 
por mais atroz que fôsse e sem piedade, 
arrancando-me o trôno e a majestade, 
quando a dois passos só estou da morte. 

Do jugo das paixões minha alma forte 
conhece bem a estulta veleidade, 
que hoje nos dá contínua felicidade 
e amanhã nem um bem que nos conforte. 

Mas a dôr que excrucia e que maltrata, 
a dôr cruel que o ânimo deplora, 
que fere o coração e pronto o mata, 

é ver na mão cuspir, à extrema hora, 
a mesma boca, aduladora e ingrata, 
que tantos beijos nela pôs outrora.

Ilust.