quinta-feira, 21 de maio de 2015

Eduardo Duarte Ferreira - MDF


D.L.



" Logo após a Revolução de 25 de Abril de 1974 – 20 de Dezembro de 1974 - , e até ao ano de 1979, a Metalurgia Duarte Ferreira é intervencionada pelas autoridades governamentais portuguesas. Esta gestão administrativa acaba por conduzir a empresa a uma situação muito difícil e o espectro da falência e do desemprego começa a tornar-se uma ameaça para os seus 2300 funcionários, que, então, já empregava. No princípio da década de 1980, procuram-se várias soluções que evitem o seu encerramento, designadamente através da produção de novas viaturas militares, os camiões TT, depois também adaptados a viaturas de bombeiros. Contudo, a realidade económica e financeira da Metalúrgica não deixa de se agravar. No ano de 1984, as greves, manifestações e os salários em atraso são a expressão das dificuldades existentes. Em 1994, os bens da Metalúrgica Duarte Ferreira, entretanto penhorados, são vendidos e, no ano seguinte, ano de 1995, a empresa é, formalmente, extinta. ..." (daqui)

" "Fazer a história da MDF é fazer a história da agricultura e da indústria do país neste século, incluindo de Angola para onde foram muitos equipamentos agrícolas quando era uma colónia", afirma o dinamizador do museu, repetindo uma frase que atribui a Charters de Almeida. ..." (daqui)


segunda-feira, 18 de maio de 2015

Ora viva, seu Vicente !


GCF

"Dramaturgo, cronista, argumentista de filmes como A Vizinha do Lado, André Brun nasceu em Lisboa a 9 de Maio de 1881 e ..." (daqui)

segunda-feira, 4 de maio de 2015

O PALÁCIO AZURARA

D.L.43

"...1943 - o imóvel vai à praça para partilhas, sendo adquirido por João Baptista Fernandes; 1947 - aquisição do palácio pelo Dr. Ricardo Espírito Santo Silva; 1953, 21 Abril - inauguração do Museu de Artes Decorativas, instalado no palácio;..."

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Cabine de Leitura




Uma ideia interessante que bem se poderia pôr em prática noutros locais do país.
Esta Cabine, cujo 1º aniversário se celebrou há dias, espera por si neste horário :)
Apareça!

sábado, 25 de abril de 2015

Da Democracia


D.L.

"... a verdadeira democracia, filha do cristianismo, último termo da evolução político-social de todos os povos - monárquicos ou republicanos."

"As falsas democracias tendem muito para as fórmulas anteriores às da era cristã; degeneram no pior despotismo em que só uma facção frui todos os direitos e regalias, pesando sobre os outros a opressão que gera o medo, que conduz à tibieza, que provoca, quando não impõe, a acomodação ao existente."

"Evocar os possíveis erros do passado não é leal, pois citam-se esses erros - e até exagerando-os - sem ao menos lembrar, com justiça, os benefícios de toda a ordem, as obras utilíssimas produzidas dentro de um condicionalismo político e social para o qual alguns dos que agora citam erros contribuíram a seu modo."

segunda-feira, 13 de abril de 2015

A última ementa


Inaugurada em 18 de Fevereiro de 1951, a Confeitaria Nova Lisboa encerrou no passado dia 28 de Fevereiro, por razões de ordem económica, segundo consta. 

Tal como eu, muitos moradores do bairro de Alvalade foram surpreendidos por esta morte, se bem que anunciada, mas nunca esperada, que deixa órfãos da boa cerveja, dos magníficos caracóis, do belíssimo bife raspado com molho de natas, do famoso prego à Nova Lisboa, dos inigualáveis croissants, das autênticas amêndoas francesas..., digo, que deixa órfãos da boa comidinha, frequentadores e fãs de muitos anos desta tão emblemática quanto insubstituível cervejaria e pastelaria das avenidas novas de Lisboa.

E ainda há quem diga que "estamos muito melhor"!... Então, não?!
Que tristeza!  







sexta-feira, 10 de abril de 2015

Uma Piscina MuniSupal


D.L.

A Piscina Municipal do Areeiro, festivalisticamente inaugurada em 1966, foi, poucas décadas depois, "abandonada" à sua curta sorte (2006), e finalmente demolida, em 2013; diz-se que a sua reabilitação custaria mais do que construir uma nova piscina, de raiz... Por isso, provavelmente, ergue-se agora, no lugar da Piscina do Areeiro, o novíssimo Complexo Desportivo Municipal do Areeiro, cuja exploração pertencerá ao grupo espanhol Sidecu S.A. - Supera. Não admira já que sejam os espanhóis a deter a gestão deste património municipal (?), que tem inauguração agendada para o emblemático próximo 25 do corrente, embora o complexo já esteja aberto ao público... pouco a pouco, vamos-nos tornando mais europeus e menos portugueses, o que alguns parece preferirem, mas que outros nem por isso...
Enfim!, assim vamos nadando com estes patriotas de pacotilha em águas que, mais dia, menos dia, terão que ser devidamente tratadas, filtradas, descalcificadas, em suma, despoluídas, verdad?
De todo modo, à espanhola Supera, que não tem culpa absolutamente nenhuma de ter sido a melhor e, por isso,  ter ganho o concurso, não deixarei de desejar-lhe um latiníssimo Superavit!