domingo, 12 de agosto de 2012

Nesta casa...

I.P.

Era aqui, na R. Saraiva de Carvalho, nº 68, a casa onde viveu e morreu Almeida Garrett
DEMOLIDA em 2006! Mesmo com a oposição de alguns...

No local ergue-se agora um mamarracho de luxo; nem sequer uma placa, a assinalar este local histórico... 

Um "gesto (im)ponderado e uma intervenção menos feliz" da Câmara de Lisboa e do Sr. de Pinho, proprietário do imóvel...


Mais uma investida contra o Património Nacional e a Cultura Portuguesa.

4 comentários:

  1. Somos umas b*stas como povo! Insensíveis,incultos, iletrados!

    ResponderEliminar
  2. E a placa evocativa ficou onde? Alguém a guardou ou foi parar a algum aterro junto com o resto do entulho?

    ResponderEliminar
  3. Agência LUSA
    13 Jan, 2006, 20:52

    A placa evocativa da presença de Almeida Garrett na casa onde morreu, em Campo de Ourique, vai integrar o espólio do Museu da Cidade, anunciou o vereador da Cultura da Câmara Municipal de Lisboa (CML), José Amaral Lopes.

    Esta era a notícia; não sei se se cumpriu...

    ResponderEliminar
  4. Insensíveis, não sei, incultos e iletrados, já não haveria razão de o sermos...
    Talvez vacões, que é um regionalismo que eu adoro e acho que nos assenta que nem uma luva (não, não é palavrão, é rústico...) Calhando, era até isso mesmo que o cavalheiro queria significar com aquela bela linguagem gestual...
    Enfim,"mais quero asno que me carregue que cavalo que me derrube"... :-)

    ResponderEliminar