sexta-feira, 30 de novembro de 2012

MONUMENTAL



Plat.

Demolido em 1984, era, então, Presidente da C.M.L., Nuno Cruz Abecasis 

Subscrevo:
"Pessoalmente, considero que a extinção do edifício do Monumental foi um dos maiores crimes culturais jamais cometidos na capital. E, que eu saiba, ninguém foi preso por isso. Nem o arquitecto, nem o construtor, nem o principal responsável: o então presidente da Câmara Municipal - Krus Abecassis - democrata-cristão já falecido e personagem de triste memória para a cidade de Lisboa." (daqui)

A propósito, vale a pena recordar este momento com o Prof. Paulo Varela Gomes

1 comentário:

  1. Nunca se esquecam Nuno Abecassis mandou destroir Maravilhosa Linda e majestosa sala espectaculos era Cineteatro Monumental do saldanha como meter canteiros e esplanadas no chiado foi horror para bombeiros cando incendio do chiado 1988 como Esplana de vidro AV da liberdade um mamarracho um piso depois Grande Dr Jorge sampaio sussedeu teve corregir trabalhar todos disparates Abecassis cometeu.Devemos nos lembrar mudo o trasito em sintido unico av 5 de Outubro Kruss Abecassis como mamarracho e centro commercial moraria etc foi erros e erros numa pessima veriacao..Se perdermos Cineteatro Monumental devemos agradecer inteligencia cruss abessasis..

    ResponderEliminar