sábado, 23 de janeiro de 2016

O Admirável Mundo Novo

Para recordar sempre

D.L.

De facto, bem mais conhecido pelo seu "Admirável Mundo Novo" (1932), uma obra de uma actualidade chocante, de (re)leitura obrigatória ( aqui ), Aldous Huxley disse:

“A ditadura perfeita terá as aparências da democracia, uma prisão sem muros na qual os prisioneiros não sonharão sequer com a fuga. Um sistema de escravatura onde, graças ao consumo e ao divertimento, os escravos terão amor à sua escravidão.” 

"A democracia permite que criaturas abomináveis conquistem o poder..."




2 comentários:

  1. Que ignorância a minha! Nunca li - imperdoável! Obrigada pela lembrança!

    ResponderEliminar
  2. Não acredito!? Mas ainda vai a tempo... :)

    ResponderEliminar